Desabafos
Olá, bem-vindo à comunidade Desabafos e Ajuda

Em primeiro lugar para te juntares à nossa grande comunidade terás de te registar no nosso Forum.
E ao registares deixa teu comentário tudo que quiseres desabafa diz tudo o que te vai na alma nao tenhas medo e sem esqueçer nao tomes nenhuma atitude vive a vida todos percisao de TI.
Desabafos

concelhos e ajudas


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

sem palavras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 sem palavras em Sab Mar 16, 2013 3:03 am

seender

avatar
Fundador
Fundador
Estou assustada. Escrevo no papel, nesta carta, palavras com tanto medo, que não seria capaz de as proferir a alguém. Sou fraca, por recorrer ao papel, mas sinto que as pessoas são também fracas e inúteis demais para me ajudarem, ou sequer para perceberem o que se passa à minha volta. Sinto nojo das pessoas... como podem elas cometer tão grandes erros, e não consigo perceber o porque de os cometerem comigo. Sinto-me perdida. Pensei que ele fosse meu amigo, pensei que o que fazia era por me amar... Fazia tudo para o manter com um sorriso na cara, e confesso nunca ligar ao facto de ele ser mais velho que eu 20 anos. Não pensava com a cabeça, apenas seguia o coração, e percebi tarde, que tudo o que ele fazia era aproveitar-se de mim, do meu corpo, e de tudo o que podia tocar. Por vezes, quando me deito, ainda o sinto em cima de mim, sinto o seu peso, o seu bafo a tabaco, a forma como que agarrava. Nunca me bateu, mas por vezes ficava tão chateado, que via nos olhos dele que tinha essa vontade. Mas que culpa teria eu? Confesso que nem sabia o que ele me tentava fazer... Só me lembro de o ver nu, tal como eu, e eu? Ficava quieta, deixando ele fazer tudo o que queria do meu corpo. Tinha alternativa? Não, a minha vida era isso.... sem mãe, sem pai, só me restava aquela casa... Pensei que aquilo fosse certo. Mas não era... Estava farta de tudo, um dia, decidi enfrenta-lo, ele ficou fulo, e tentou bater-me. Foi aí que cometi o pior erro da minha vida. Peguei na sua arma, escondida na sua gaveta e sem pensar, simplesmente disparei. Fiquei apavorada, vendo-o desvanecer-se, vendo seu sangue manchar a cama. Não era isto que queria? Pensei que fosse, estava livre, mas novamente sozinha. Não aguento tudo isto, sinto que esta vida não foi feita para mim, e que estarei melhor noutro local qualquer. Quando leres esta carta, provavelmente estarei morta. Serei fraca? Não sou, apenas não encarei a vida da melhor maneira, e talvez me faltasse alguém a quem contar tudo isto, alguém que não tinha. Espero poder ser feliz, num outro mundo, porque neste apenas fui vitima de um grande abuso, que deram neste grande desabafo.


Ver perfil do usuário http://desenho.ativoforum.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum