Desabafos
Olá, bem-vindo à comunidade Desabafos e Ajuda

Em primeiro lugar para te juntares à nossa grande comunidade terás de te registar no nosso Forum.
E ao registares deixa teu comentário tudo que quiseres desabafa diz tudo o que te vai na alma nao tenhas medo e sem esqueçer nao tomes nenhuma atitude vive a vida todos percisao de TI.
Desabafos

concelhos e ajudas


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

carta de um suicida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 carta de um suicida em Dom Abr 21, 2013 11:08 pm

seender

avatar
Fundador
Fundador
Os dias vão passar, meus pais vão envelhecer, as pessoas vão mudar - (elas sempre mudam), o chocolate vai esfriar, as folhas irão cair, o sol vai nascer e se por todos os dias, neste ciclo rotineiro da vida.

O que leva uma pessoa ao suicídio? Nada.

Não é ”Fraqueza.” - para aqueles que acham covardia.

Não é ”Dor’’ - para aqueles que acham na morte a única solução.

O suicídio começa e termina com uma única palavra - ”Você.”

Algumas vezes, conversando comigo mesmo, me perguntava qual o sentido de tudo… Nestes devaneios frequentes da vida, a insanidade talvez fora o meu melhor remédio.

Quando você fala a sua primeira palavra, você simplesmente não quer mais parar de falar, quando da os primeiros passos quer continuar andando, caindo e se levantando. E depois você cresce e percebe que esqueceu dos detalhes, eles são tudo que importa no final. Queridos, Papai e Mamãe. Acredito que o meu jeito estúpido de agir lhes deixou marcas, quero me desculpar por isso. Por todas as vezes que gritei, por todas as noites que cheguei tarde em casa, bêbado. Desculpa por te-los feito chorar, pelas noites que passaram comigo no hospital. O ”Eu te amo.” Nunca fora dito aqueles que realmente mereciam.

Aos poucos amigos que tive, aqueles que eram todos em um só. - Sinto muito, eu poderia ter dito mais, sentido mais, expressado mais. Amigos são pessoas especiais, anjos que nos mantém de pé, e mesmo a você que tão pouco falou, mas me fez levantar quando todos os outros haviam me derrubado. Desculpa.

E por fim , vem você. Acho que era a única que eu queria ter escrito. Não irei pedir desculpas a você, não tenho por que me desculpar, nós sempre levamos uma vida muito justa, muito comum, sempre fomos aquele casal que sorria, chorava, e dizia ” eu te amo” todas as noites antes de dormir. Ah, como eu queria que isso fosse o bastante, o bastante para me fazer ficar. ”Eu me importo com você.” As pessoas precisam ouvir isso as vezes. Não lhe culpo minha pequena, minha princesa de sorriso torto e olhos trémulos, não lhe culpo pelos erros que eu cometi, pelo meu jeito idiota. E mesmo transbordando de sentimentos, vivendo em um furacão dentro de mim mesmo, acho que preferi ficar em silêncio. Indo e vindo, acho que me perdi, não sei em qual caminho, eu simplesmente não sei. Como eu disse, os motivos são insulficientes para explicar. As pessoas sempre vão, não se engane… Você não pode prender em cativeiro aquele que nasceu para ser livre. Nessas poucas palavras, vejo que a vida é injusta, o mundo é, até mesmo eu. As futuras pessoas que irão me ver, quero apenas agradecer. Nunca fui aquele tipo de pessoa que faria um lugar lotar, nunca fui uma pessoa notável, talvez tenha sido apenas mais uma pessoa comum, de poucas palavras, poucas atitudes, tudo muito pouco. Deixei quem eu mais queria por perto, partir.

PASSADO, tudo vira passado, o dia, o que comemos, o que ouvimos, o que falamos, o que sentimos, tudo. Algo talvez permaneça, talvez. Sinto muito. A vida é confusa, mas a morte não coloca o fim no amor...

Te Amo para sempre minha Pequena ♥
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ver perfil do usuário http://desenho.ativoforum.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum